Gênio N° 11
Nome: LAOVIAH

Atuação Parcial na Hora da Vibração Neste Dia: 03:20 às 03:40 h
Atuação Integral nos Dias Deste Gênio: 11/6
 , 23/8 , 30/3 , 4/11 , 16/1

Sentido Positivo:
Propicia a vitória. Defende dos efeitos negativos do elemental fogo(fenômenos da eletricidade e do calor). Incentiva a lealdade, a bondade e a celebridade.

Sentido Negativo:
Proporciona a derrota, o orgulho, a ambição, a vaidade. Destrói a boa reputação da pessoa.

Salmo(s): 11, 83, 5.

1º Salmo - [Número 11] Confiança na justiça divina
1 Ao mestre de canto. De Davi.
É junto do Senhor que procuro refúgio. Por que dizer-me: "Foge velozmente para a montanha, como um pássaro;
2 Eis que os maus entesam seu arco e ajustam a flecha na corda, para ferir, de noite, os que têm o coração reto.
3 Quando os próprios fundamentos se abalam, que pode fazer ainda o justo?"
4 Entretanto, o Senhor habita em seu templo; o Senhor tem seu trono no céu. Sua vista está atenta, seus olhares observam os filhos dos homens.
5 O Senhor sonda o justo como o ímpio, mas aquele que ama a injustiça, ele o aborrece.
6 Sobre os ímpios ele fará cair uma chuva de fogo e de enxofre; um vento abrasador de procela será o seu quinhão.
7 Porque o Senhor é justo, ele ama a justiça; e os homens retos contemplarão a sua face.

2º Salmo - [Número 83] Oração contra a coalizão dos povos vizinhos
1 Cântico. Salmo de Asaf .
2 Senhor, não fiqueis silencioso, não permaneçais surdo, nem insensível, ó Deus.
3 Porque eis que se tumultuam vossos inimigos, levantam a cabeça aqueles que vos odeiam.
4 Urdem tramas para o vosso povo, conspiram contra vossos protegidos.
5 "Vinde, dizem eles, exterminemo-lo dentre os povos, desapareça a própria lembrança do nome de Israel."
6 Com efeito, eles conspiram de comum acordo e contra vós fazem coalizão:
7 Os nómades de Edom e os ismaelitas, Moab e os agarenos,
8 Gebal, Amon e Amalec, a Filistéia com as gentes de Tiro.
9 Também os assírios a eles se uniram, e aos filhos de Lot ofereceram sua força.
10 Tratai-os como Madiã e Sisara, e Jabin junto à torrente de Cison!
11 Eles pereceram todos em Endor e serviram de adubo para a terra.
12 Tratai seus chefes como Oreb e Zeb; como Zebéia e Sálmana, seus príncipes,
13 que disseram: "Tomemos posse das terras onde Deus reside."
14 Ó meu Deus, fazei deles como folhas que o turbilhão revolve, como a palha carregada pelo vento,
15 como o fogo que devora a mata, como a labareda que incendeia os montes.
16 Persegui-os com a vossa tempestade, apavorai-os com o vosso furacão.
17 Cobri-lhes a face de ignomínia, para que, vencidos, busquem, Senhor, o vosso nome.
18 Enchei-os de vergonha e de humilhação eternas. Que eles pereçam confundidos.
19 E que reconheçam que só vós, cujo nome é Senhor, sois o Altíssimo sobre toda a terra.

3º Salmo - [Número 5] Oração da manhã
1 Ao mestre de canto. Com flautas. Salmo de Davi. 
2 Senhor, ouvi minhas palavras, escutai meus gemidos. 
3 Atendei à voz de minha prece, ò meu rei, ó meu Deus. 
4 É a vós que eu invoco, Senhor, desde a manhã; escutai a minha voz, porque, desde o raiar do dia, vos apresento minha súplica e espero.
5 Pois vós não sois um Deus a quem agrade o mal; o mau não poderia morar junto de vós;
6 Os ímpios não podem resistir ao vosso olhar. Detestais todos os que praticam o mal,
7 Fazeis perecer aqueles que mentem, o homem cruel e doloso vos é abominável, ó Senhor.
8 Mas eu, graças à vossa grande bondade, entrarei em vossa casa. Prostar-me-ei em vosso santuário, com o respeito que vos é devido, Senhor. 
9 Conduzi-me pelas sendas da justiça; por causa de meus inimigos, aplainai, para mim, vosso caminho. 
10 Porque em seus lábios não há sinceridade, seus corações só urdem projetos ardilosos. A garganta deles é como um sepulcro escancarado, com a língua distribuem lisonjas.
11 Deixai-os, Senhor, prender-se nos seus erros. Que suas maquinações malogrem! Por causa do número de seus crimes, rejeitai-os, pois é contra vós que se revoltaram. 
12 Regozijem-se, pelo contrário, os que em vós confiam, permaneçam para sempre na alegria. Protegei-os, e triunfarão em vós os que amam vosso nome.
13 Pois, vós, Senhor, abençoais o justo; vossa benevolência, como um escudo, o cobrirá.

Voltar